Especificações do Indigo500 - INDIGO500SERIES - INDIGO510 - INDIGO520

Indigo510, Indigo520 Guia rápido

Document code
M212290PT
Revision
H
Language
Português (Brasil)
Product
INDIGO500SERIES
INDIGO510
INDIGO520
Document type
Guia do usuário
Tabela 1. Sondas compatíveis com Indigo
Tipo de medição Modelos de sonda
Umidade e temperatura HMP1, HMP3, HMP4, HMP5, HMP7, HMP8, HMP9
Temperatura TMP1
Ponto de orvalho DMP5, DMP6, DMP7, DMP8
Dióxido de carbono GMP251, GMP252
Peróxido de hidrogênio vaporizado HPP271, HPP272
Umidade em óleo MMP8
Tabela 2. Outros dispositivos compatíveis com Indigo510
Dispositivo ou série Modelos
Transmissor de umidade, hidrogênio e temperatura MHT410 MHT410
Indicador portátil Indigo80 Indigo80
Tabela 3. Outros dispositivos compatíveis com Indigo520
Dispositivo ou série Modelos
Transmissor de umidade, hidrogênio e temperatura MHT410 MHT410
Polaris™ Refratômetros do processo 1 PR53AC, PR53AP, PR53GC, PR53GP, PR53M, PR53SD, PR53W
Indicador portátil Indigo80 Indigo80
Tabela 4. Ambiente operacional do Indigo510
Propriedade Descrição/valor
Para uso em locais úmidos Sim
Umidade de operação

0 ... 100% UR

Altitude operacional máxima

4.000 m

Classificação de IP

IP66: À prova de poeiras. Protegido de jatos potentes de água de qualquer direção. 2

Temperatura de operação
Com visor −20 ... +60 °C
Sem visor −40 … +60 °C
Temperatura de armazenamento
Com visor

−30 ... +60 °C

Sem visor

−40 … +60 °C

Tabela 5. Entradas e saídas do Indigo510
Propriedade Descrição/valor
Potência operacional
Tensão extrabaixa de proteção (PELV)

11 … 35 VCC, 24 VCA ±15% 50/60 Hz, corrente máx. 2 A (fonte de alimentação isolada galvanicamente)

Tamanho do fusível para a fonte de alimentação: 3 A

Tensão de isolamento: 500 VCA, 1000 VCC

Classificação da temperatura do cabo de fonte de alimentação PELV ≥ +80 °C
Consumo de corrente típico a +20 °C (Uem 24 V CC) 3
Consumo básico (sem visor, saídas analógicas ou comunicação) 50 mA
Com visor +60 mA
Com saída analógica de tensão < 2 mA por canal
Com saída analógica de corrente + 21 mA por canal
Com cabo Ethernet conectado +15 mA
Saídas analógicas
Número de saídas analógicas 2
Isolamento Isolamento da fonte de alimentação
Tipos de saída de tensão selecionáveis 0 … 1 V, 0 … 5 V, 0 … 10 V, dimensionáveis
Tipos de correntes selecionáveis 4 … 20 mA, 0 … 20 mA, dimensionáveis
Tamanho máximo do fio 2,5 mm2
Precisão das saídas analógicas a +20 °C ±0,05% da escala total
Dependência da temperatura ±0,005 % / °C da escala total
Cargas externas:
Saídas de corrente RL < 500 Ω
Saída de 0 ... 1 V RL > 2 kΩ
Saídas de 0 ... 5 V e 0 ... 10 V RL > 10 kΩ
Interface Ethernet
Padrões compatíveis 10BASE-T, 100BASE-TX
Conector 8P8C (RJ45)
Protocolos compatíveis Modbus TCP/IP (porta 502), HTTPS (porta 8443)
Tabela 6. Conformidade do Indigo510
Propriedade Descrição/valor

Diretivas e regulamentos da UE

Diretiva EMC (2014/30/UE)

Diretiva RoHS (2011/65/ EU) alterada por 2015/863

Compatibilidade eletromagnética (EMC)

IEC/EN 61326-1, ambiente industrial

CISPR 32 / EN 55032, Classe B

Segurança elétrica

IEC/EN 61010‑1

Tipo de aprovações

Nº do certificado DNV GL TAA000032M

Marcas de conformidade

CE, China RoHS, FCC, RCM, UKCA

Listagem de marcas de conformidade

Listado na UL (EUA e Canadá)

Conformidade com FCC

FCC Parte 15, Classe B

Tabela 7. Ambiente operacional do Indigo520
Propriedade Descrição/valor
Para uso em locais úmidos Sim
Umidade de operação

0 ... 100% UR

Altitude máxima de operação, fonte de alimentação VAC

3.000 m

Altitude máxima de operação, tensão extrabaixa de proteção (PELV) e Power over Ethernet (PoE) 4.000 m

Classificação de IP

IP66: À prova de poeiras. Protegido de jatos potentes de água de qualquer direção. 4

Temperatura de operação
Com visor −20 ... +55 °C
Sem visor −40 … +60 °C
Sem visor e com módulo barômetro −40 ... +55 °C
Temperatura de armazenamento
Com visor

−30 ... +60 °C

Sem visor

−40 … +60 °C

Tabela 8. Entradas e saídas do Indigo520
Propriedade Descrição/valor
Potência operacional 5
Versão com tensão extrabaixa de proteção (PELV) 15 … 35 VCC, 24 VCA ±20% 50/60 Hz, corrente máx. 2 A (fonte de alimentação isolada galvanicamente)

Tamanho do fusível para a fonte de alimentação: 3 A

Tensão de isolamento: 500 VCA, 1000 VCC

Classificação da temperatura do cabo de fonte de alimentação PELV ≥ +80 °C
Versão com fonte de alimentação VCA

100 … 240 VCA 50/60 Hz, corrente máx. 1 A (fonte de alimentação isolada galvanicamente)

Tamanho do fusível para a fonte de alimentação: 10 A

Tensão de isolamento: 1500 VCA

Versão com Power over Ethernet 6

Power over Ethernet (PoE) IEEE 802.3at Tipo 2 Classe 4

Corrente máx. 600 mA, consumo máx. de potência 25,5 W

Tensão de isolamento: 500 VCA, 1000 VCC

Consumo de corrente típico a +20 °C (Uem 24 V CC) 7
Consumo básico (sem visor, saídas analógicas ou comunicação) 50 mA
Com visor +60 mA
Com saída analógica de tensão < 2 mA por canal
Com saída analógica de corrente + 21 mA por canal
Com relés + 9 mA por relé
Com cabo Ethernet conectado +15 mA
Com módulo de barômetro +5 mA
Entrada analógica
Faixas disponíveis 4 ... 20 mA
Resolução 6 μA
Resolução de vídeo 0,01 mA
Precisão ±0,05 mA
Impedâncias de entrada 200 Ω
Isolamento Isolamento da fonte de alimentação
Proteção de sobrecarga 40 mA máx. (proteção contra polaridade reversa)
Saídas analógicas
Número de saídas analógicas 4
Isolamento Isolamento da fonte de alimentação
Tipos de saída de tensão selecionáveis 0 … 1 V, 0 … 5 V, 0 … 10 V, dimensionáveis
Tipos de correntes selecionáveis 4 … 20 mA, 0 … 20 mA, dimensionáveis
Tamanho máximo do fio 2,5 mm2
Precisão das saídas analógicas a +20 °C ±0,05% da escala total
Dependência da temperatura ±0,005 % / °C da escala total
Cargas externas:
Saídas de corrente RL < 500 Ω
Saída de 0 ... 1 V RL > 2 kΩ
Saídas de 0 ... 5 V e 0 ... 10 V RL > 10 kΩ
Saídas do relé
Quantidade e tipos de relés 2 peças, SPDT
Corrente, tensão e potência de chaveamento máximas

30 W, 1 A, 40 VCC/28 VCA

Tamanho máximo do fio na versão de EBT (PELV) 2,5 mm2
Tamanho máximo do fio na versão de fonte de alimentação VAC 1,5 mm2
Interface Ethernet
Padrões compatíveis 10BASE-T, 100BASE-TX
Conector 8P8C (RJ45)
Protocolos compatíveis Modbus TCP/IP (porta 502), HTTPS (porta 8443)
Tabela 9. Conformidade do Indigo520
Propriedade Descrição/valor

Diretivas e regulamentos da UE

Diretiva EMC (2014/30/UE)

Diretiva de baixa tensão (2014/35/UE)

Diretiva RoHS (2011/65/ EU) alterada por 2015/863

Compatibilidade eletromagnética (EMC)

IEC/EN 61326-1, ambiente industrial

CISPR 32 / EN 55032, Classe B

Segurança elétrica

IEC/EN 61010‑1

Tipo de aprovações

Nº do certificado DNV GL TAA000032M

Marcas de conformidade

CE, China RoHS, FCC, RCM, UKCA

Listagem de marcas de conformidade

Listado na UL (EUA e Canadá)

Conformidade com FCC

FCC Parte 15, Classe B

Tabela 10. Especificações mecânicas da série Indigo500
Propriedade Descrição/valor

Classificação UL 50E (NEMA)

NEMA 4: Jatos e respingos de água, NEMA 250-2014 Tipo 4

Classificação da carcaça IK08, DIN EN ISO 11997-1: Cycle B (VDA 621-415)
Material do invólucro AlSi10Mg (DIN 1725)
Material da janela do visor Vidro reforçado (IK08)
Peso 1,5 kg
Dimensões (A × L × P) 142 × 182 × 67 mm
Diâmetros de cabos para prensa-cabos
Prensa-cabos M20×1,5 5,0 ... 9,0 mm
Prensa-cabos M20×1,5 com bucha bipartida 7 mm
Prensa-cabos M16×1,5 2,0 … 6,0 mm
Tabela 11. Interfaces de usuário da série Indigo500
Propriedade Descrição/valor
Interfaces do usuário Interface da Web para uso remoto, visor touchscreen opcional
Idiomas compatíveis inglês, chinês, francês, alemão, japonês, espanhol
Visor opcional Visor touchscreen capacitivo de 5 polegadas
Recursos integrados de registro de dados Memória não volátil, pelo menos 10 anos de armazenamento com registro de intervalo de 24 horas
CUIDADO Não modifique nem use a unidade de formas não descritas na documentação. Modificação ou uso indevido pode acarretar riscos à segurança, danos ao equipamento, descumprimento da especificação, redução da vida útil do equipamento ou anulação da garantia.
CUIDADO Não use o transmissor de maneira não especificada pela Vaisala. Se o transmissor for usado de maneira não especificada, a proteção oferecida por ele poderá ser prejudicada.
1 Compatível com transmissores encomendados com configuração de software "L" para refratômetros do processo.
2 Avaliado pela Eurofins, não pela UL.
3 Para ver o consumo atual do dispositivo de medição conectado, consulte a documentação do dispositivo, disponível em docs.vaisala.com.
4 Avaliado pela Eurofins, não pela UL.
5 A opção de fonte de alimentação pretendida é selecionada ao realizar o pedido do transmissor.
6 O transmissor deve ser alimentado por uma unidade PSE (Power Sourcing Equipment) que atenda aos requisitos das especificações da norma IEEE802.3at.
7 Para ver o consumo atual do dispositivo de medição conectado, consulte a documentação do dispositivo, disponível em docs.vaisala.com.